30 de jan de 2015

Dolce & Gabbana infantil


Eu sou apaixonada por roupa de crianças. Gosto tanto tanto tanto que eu queria que tivesse do meu tamanho só pra eu poder vestir hehehe. Eu também amo a Dolce & Gabbana, é uma das minhas grifes preferidas! Essa marca faz roupas infantis também, ou seja, junta minhas duas paixões. O resultado? Veja nas fotos abaixo e se apaixone também!





 






 


Muito fofo né? O que acharam? Digam nos comentários...

29 de jan de 2015

#sempredesenhando da semana


Olá gente! Tudo bom com vocês? Há algum tempo eu comecei a usar a hashtag #sempredesenhando no Instagram e pedi pra vocês usarem também, desta forma eu conseguiria ver tudo o que vocês estão aprendendo. Bom, eu estou fazendo este post porque eu quero vez ou outra escolher alguns croquis pra postar aqui pra vocês. Usem #sempredesenhando para aparecer aqui no blog também! Eu vou gostar mais ainda de ver algo que vocês aprenderam vendo meu vídeo tipo uma estampa, uma pose ou qualquer outro efeito. Combinado então?


01. @_gustavo.alves
... porque verão tem tudo a ver com estampas florais

02. @_karol_mendes
... porque renda na barra é très chique

 03. @artede_rafaelvieira
... porque azul é uma cor que combina com todo mundo

04. @gabs_carmo
... porque esta renda impecável deve ter dado trabalho

05. @ianecunhadecastro
... porque ficou igualzinho ao que eu ensinei *-*

06. @ricardogomesdeoliveira1
... porque não há como resistir a um sketchbook criativo

Gostaram? Querem aparecer aqui no blog também? Então usem a hashtag #sempredesenhando!
Aproveitem para seguir esses amigos da comunidade de desenho de moda.

27 de jan de 2015

Moda + Arte = arte vestível


Você já ouviu o termo wearable art? Ele significa literalmente arte vestível, ou como denominou Bardi: rouparte. Mas o que significam essas expressões? Continue lendo este post para aprender mais.


O conceito de moda e arte junta se desenvolveu a partir da ideia de ter o corpo como suporte (ou tela) para a obra de arte, que geralmente não é feita em grande e escala, mas única. Cada uma com o conceito próprio e designado à ela pelo seu criador. A individualidade então é valorizada, e a tendência, cor, estampa ou tecido da vez são completamente ignorados. A única importância aqui é passar uma ideia, uma mensagem que é carregada e transmitida enquanto a modelo desfila na passarela. Segundo Mônica Moura: "a roupa transforma-se, então, em veículo de expressão de quem a criou e de quem a veste."


Para criar a rouparte, são utilizados de recursos e conceitos da modelagem e da costura como: pontos, máquinas, recortes e tipos de tecidos para a construção desta obra de arte.

Diversas vezes, é usado de recursos da tecnologia para tornar tudo mais intenso. Muitas vezes os criadores fazem um show para que a platéia possa interagir, estimulando alguns dos cinco sentidos. Jum Nakao, na coleção: a costura do invisível fez exatamente isso, quando todas as roupas de papel foram rasgadas no final do show, fazendo com que a plateia se emocionasse, chorasse e corresse até o palco para pegar um pedacinho deste papel. Se você ainda não viu este desfile, aqui está o vídeo:


Se você pesquisar wearable art no Pinterest, vai ver muitas obras de arte vestíveis maravilhosas, escolhi algumas para mostrar para vocês:






O que acharam da rouparte? Digam nos comentários :)

20 de jan de 2015

Tutorial: Croqui Plus Size


O mercado da Moda está cada vez mais abrindo espaço para a categoria Plus Size. Afinal, as mulheres que se encaixam neste público alvo tem tanto direito de ficar na moda quanto as magrinhas. Pensando nisso (e também porque algumas pessoas já haviam pedido), eu fiz um vídeo explicando o passo a passo para desenhar um croqui plus size. Quer aprender? Então assista ao vídeo abaixo:


Abaixo, alguns croquis plus size para vocês se inspirarem:








O que acharam? Já tentaram desenhar um croqui plus size? Diga nos comentários!

18 de jan de 2015

Brincando com o croqui no Photoshop


Eu amo usar o Photoshop. Seja pra tratar fotos, criar arte gráfica ou... editar croquis. As vezes é legal mexer com as opções que o software oferece e experimentar diversas coisas diferentes. Eu escolhi um dos croquis que eu fiz para o vídeo de estampas florais e joguei ele no photoshop pra brincar um pouco. Vou mostrar pra vocês como foi o processo. A intenção deste post não é de ser um tutorial e sim um "overview" sobre cada etapa.

Croqui original scaneado:

1. Eliminar o fundo
Normalmente este é o primeiro passo, para que a partir daí eu possa colocar um outro fundo e começar a harmonizar a composição. Se você gostaria de aprender como mudar o fundo do seu croqui, eu tenho um vídeo que ensina como fazer, se quiser aprender clique aqui.

2. Adicionar cor sólida
Como este croqui já é bem colorido e estampado, não quis poluir o fundo com uma cor chamativa ou imagética, por isso, escolhi um cinza claro como cor sólida de fundo.

3. Pincelar
Na internet há diversos pincéis disponíveis para baixar gratuitamente. Eu amo usar esta ferramenta porque dependendo da maneira que você usa ela tira aquele aspecto digital e dá uma cara mais artesanal, que eu amo. Eu escolhi a cor verde clarinha presente na saia do croqui por ela ser clara e discreta. Depois "sujei" um pouco a folha com uns respingos magenta, do mesmo tom do salto.


Croqui finalizado:

Antes e depois:

Coisas simples, pequenos toques e detalhes aparentemente insignificantes podem dar um "up" no seu croqui. Explore o Photoshop porque ele tem muitas opções diferentes que vão fazer toda a diferença. Diga nos comentários o que você faz para dar uma melhorada no seu croqui digitalmente!

17 de jan de 2015

Por que desenhar rosto no croqui?


Geralmente quando fazemos um desenho de moda só pensamos na roupa. Obviamente o que o seu croqui estará usando é o mais importante, afinal a moda se faz de tecidos, costuras e bordados. Para um sketch rápido, isso até funciona, mas se você quer fazer uma ilustração para uma apresentação, portfolio ou porque simplesmente você gosta de desenhar, eu tenho uma dica de ouro para você: dê personalidade ao seu croqui!


Esra Roise ^

Você pode trazer o seu desenho a vida dando a ele traços únicos que remetem ao conceito ou à sua proposta. Há várias maneiras de fazer isso. Uma deles é dar uma atenção especial ao rosto (sim, o tão temível rosto) - maquiagem, cabelo e expressões faciais dizem muito sobre o desenho. Um croqui sem rosto é um croqui anônimo, apenas um manequim ou um cabide para mostrar a roupa. E novamente digo que se a sua intenção for fazer sketches, não há nada de errado nisto. Esta é apenas a minha opinião (fique livre para discordar). Se você não consegue fazer rosto, treine porque você só irá conseguir se tentar, tentar e tentar. Se você nunca fizer, é lógico que nunca vai aprender.

^ O rosto humano pode fazer diversas expressões com seus músculos da face, representando cada sentimento. ^

Por exemplo, se você está fazendo um croqui com uma temática romântica, pesquise penteados e maquiagens que deem essa conotação: um cabelo ondulado, uma maquiagem leve e um sorriso já vão dar certa cumplicidade ao desenho. Já se você quiser fazer uma ilustração mais "fashionista", um penteado dos últimos desfiles, maquiagem marcada e uma expressão séria fará com que seu croqui se incline mais para este lado. A regra aqui é bom-senso... Use este recurso, para experimentar, errar, tentar de novo e comparar resultados.

^ Ilustração de Olga Dvoryanskaya: O cabelo ondulado estilo vintage, o batom escuro e a expressão facial da modelo podem nos dar a ideia do público alvo e ocasião para qual este vestido foi criado. ^

^ Ilustração de UlyaYes: A expressão facial que a ilustradora escolheu fazer (duck face) deu a personalidade necessária que o croqui precisava. ^

Se você não desenho rosto nos seus croquis, eu te desafio a começar a treinar... Quando você pega o jeito vai amar fazer: personalizar a maquiagem e fazer caras e bocas são partes super divertidas que acontecem durante o processo. No meu canal no Youtube eu tenho vários tutoriais que ensinam a fazer o rosto, se você ainda não viu, clique aqui e veja!

Espero que tenham gostado do post. Digam nos comentários a opinião de vocês, se concordam ou discordam, se gostam ou não de desenhar rosto... Vou gostar de ler!

BEM-VINDO




Olá, eu sou a Fayci Tage e tenho 19 anos. Estou cursando Faculdade de Moda e amo desenhar. Aqui no blog eu vou compartilhar com você os meus desenhos, ideias, dar dicas de ilustração, moda, cabelo, maquiagem & unhas. Fique à vontade, a casa é sua!

Seguidores

Meu Instagram

CATEGORIAS



Google+ Followers